sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Festa pic-nic (convescote) - dicas



Convescote - 3 anos - Rafael

Eu nunca fui muito entusiasta de festa de aniversário tipo evento milionário para comemorar o aniversário das crias. Normalmente, a maior parte das crianças ficam irritadiças ou dormindo na hora do parabéns do 1º ano e resolvi fazer uma coisa pequena mesmo.

Mas eu entendo as mães que sentem necessidade de comemorar o 1º ano do rebento de uma forma maior. Afinal, é também o 1º ano da vida de mãe que envolve tantas e tão complexas questões dignas de muita comemoração sim. Só não era a minha.

No primeiro aniversário do Rafael, fiz apenas um bolinho em casa para meus pais, irmãos e cunhados. E me surpreendi com o quanto a festinha foi legal e tenho uma doce recordação daquele dia: enquanto enchíamos balões na sala, o Rafael se divertia, sentado no chão, jogando as bexigas para o alto. É assim que lembro daquele dia: com a leveza dessa alegria gratuita. Mas ficou faltando muita gente. 

Então, no 2º aniversário resolvi fazer uma festa bem maior em salão de festa para que coubesse todo mundo que eu queria convidar (minha família é enorme). 

Mas, neste ano, queria uma festa que não fosse sinônimo de fortuna e que significasse mais pelo momento em si do que pelo preço. Então, resolvi fazer um convescote (se perdeu a explicação, veja neste post aqui). Tivemos uma tarde muito, muito agradável com poucos convidados e num clima muito íntimo e fraterno. Foi muito bom. E vamos às dicas para um pic-nic no parque gastando pouco:

1) Expedição. 
Vá ao local dias antes do evento mais ou menos na mesma hora em que pretende comemorar o aniversário. Avalie o espaço: se está limpo, se há mesas, se há opção de banheiro por perto, se há água, etc. Se é de Brasília e vai fazer no Parque da Cidade, sugiro o espaço atrás do bar do Pirraça, próximo ao parquinho que há lá. Descubra como foi a minha expedição quixotesca aqui.

2) Convidados:
Opte por poucos convidados porque mesmo que o espaço seja grande, a logística a céu aberto traz algumas dificuldades como por exemplo acondicionamento das comidas. Além disso, o evento tende a ser mais íntimo e agradável.

3) Decoração:
Um pic-nic que se preze tem que ter toalha xadrez. Eu comprei 9 metros do tecido e fiz 8 toalhas de 1 m x 1,5 m. Por si só, as toalhas já dão conta de deixar a festa com muita cor, mas se for na primavera, use as flores do parque para enfeitar também. Além disso, prendi balões (com gás hélio) no chão próximo às toalhas e o efeito ficou bem legal.

4) Cardápio:
Eu queria um cardápio o mais natural possível, mas não consegui fugir muito do tradicional devido à dificuldade de acondicionamento. Para beber, comprei água, sucos e refrigerantes. E para comer, levei salada de frutas, laranjas, bananas, picolé, sanduíches naturais, espetinho de frutas, alguns salgadinhos, cup cake, docinhos e o bolo. É importante ter pelo menos umas 5 caixas de isopor grandes para levar e acondicionar toda a comida.

5) Lembrancinhas e mimos:
Comprei umas mini-cestinhas e montei um kit pic-nic com banana, maçã, biscoito, barrinha de cereal e uma garrafinha d'água. Além disso, levei bolhas de sabão e pipa para as crianças brincarem.



Gostaram das dicas?

Bjos,

VdM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...