domingo, 19 de outubro de 2014

Dia das crianças - Como é que se faz para ser escritor?



Eu já falei aqui um pouco do que penso sobre o consumismo presente na nossa vida e sobre esse impulso consumista que permeia a relação com as pessoas que amamos, e que vem à tona, em especial, nas datas comemorativas.

Seja por hábito ou por nos deixarmos levar, ou qualquer outro motivo, associamos homenagem a consumismo ou a obrigação de ter de dar um presente. E reduzimos, assim, a homenagem ao objeto. E ainda aceitamos que existe um dia para que essa homenagem aconteça. Por essas e outras coisas, eu, deliberadamente não comprei nenhum presente para o Rafael. Nadinha. E ele também não me pediu.

O meu presente para ele foi ajudá-lo a descobrir como é que se faz para ser um escritor. Coincidentemente e, acho que propositalmente, haveriam dois lançamentos de livros infantis em Brasília um dia antes do "Dia das Crianças". Falei sobre eles aqui e aqui.

E eu instiguei a imensa curiosidade do Rafael a se interessar em conhecer as escritoras e a perguntar a elas como faz para ser escritor. Fagulha lançada e curiosidade ruminada, fomos nós ao lançamento. E o pequeno não deixou de questionar às duas escritoras (Rosângela Vieira e Regina Célia Melo) que já considero amigas.

E as duas responderam algo tão parecido que desconfio que deve ser por esse caminho mesmo. Elas disseram que é preciso ler e estudar muito, e daí quando já se está muito cheio, naturalmente, nos derramamos na escrita.

Legal, né!?

E por aí, como foi a homenagem a essas vidinhas que nos renovam e que tanto amamos!?

Bjos,

VdM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...