domingo, 9 de fevereiro de 2014

De volta ao trabalho

Filhos são como ter o coração fora de si... O primeiro dia que tive que deixar o Rafael chorando e ir trabalhar foi um combate! Saí de casa carregando muita culpa! Eu sabia que ele seria bem cuidado, e que logo dormiria. Mas, o que me entristecia era saber que não fui eu a acalmá-lo, não fui eu a suportar seu choro de dor, aquecendo-o em meu peito. É necessário fazer tantas coisas que me obrigam a deixá-lo aos cuidados de outros. Eu queria poder fazer todas as coisas e, ao mesmo tempo, ter meu filho em meus braços, juntinho de mim, como quando andávamos por aí unidos pelo cordão umbilical, enquanto ele estava dentro de mim. Mas agora, é como se tivesse o coração fora de mim (li recentemente isso num livro e achei a metáfora perfeita).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...